Ξ  


 Sobre a Deficiência Visual

 

Reabilitar a Visão após um Derrame|AVC  novo

WIKI How
 

avc | derrame

 

  Três Métodos:


O Acidente Vascular Cerebral é a causa mais comum de comprometimento neurológico e visual na população adulta. Os acidentes vasculares cerebrais são responsáveis por cerca de um quarto de toda a deficiência visual nos países desenvolvidos. Também são responsáveis por grande parte da deficiência em idosos. A perda de visão causada por um AVC pode ser total ou parcial, mas fazendo algumas alterações em seu ambiente, exercitando os olhos e considerando terapias visuais, é possível reabilitar a sua visão após um acidente vascular cerebral.

 

Método 1: Fazendo exercícios para melhorar a visão
 


Step 1

1. Faça o exercício do lápis.

A perda de visão parcial devido a acidente vascular cerebral pode ser revertida pela reconversão do cérebro através de exercícios vigorosos dos olhos. Estes exercícios agora estão se tornando uma parte rotineira da fisioterapia. O exercício a seguir pode ser útil para melhorar a visão após um acidente vascular cerebral.

  • Segure um lápis ou qualquer coisa semelhante de frente para os olhos do paciente a uma distância de 45 cm.
  • Em seguida, mova o lápis para cima, para baixo e para os lados. Peça ao paciente para não mover a cabeça enquanto acompanha o lápis movendo apenas os olhos.
  • Coloque um lápis na frente do rosto do paciente e mova-o para perto e para longe do nariz. Peça ao paciente para acompanhar cuidadosamente o movimento. Os olhos do paciente devem se mover para dentro.
  • Segure um lápis em cada mão, um na mão esquerda e outro na mão direita. Mova as mãos de modo que um lado esteja mais perto dos olhos e a outra mão fique mais longe. Deixe o paciente adivinhar qual lápis está mais perto dos olhos e qual não.
     


Step 2

2. Faça exercícios de desenho e quebra-cabeça.

Tente desenhar alguns objetos e formas comuns e peça ao paciente para completar as formas. O paciente também deve jogar caça-palavras ou palavra cruzadas e quebra-cabeças. Estes jogos irão melhorar a visão através da reconversão do cérebro para identificar objetos usando a visão.
 


Step 3

3. Faça exercícios oculares.

Fortalecer os músculos do olho vai melhorar a memória muscular e ajudar na identificação de objetos. Isto irá melhorar o tônus muscular que pode ter sido perdido devido ao derrame.

  • Tente manter três de seus dedos sobre a pálpebra superior enquanto fecha seu olho. Este exercício vai deixar seu músculo ocular mais forte.
  • Este exercício vai melhorar a sua visão, evitar o cansaço ocular e proporcionar alívio ao estresse.
  • No entanto, a área da visão em cérebro que sofreu danos estruturais permanentes não estará recebendo qualquer recuperação durante estes exercícios.
     


Step 4

4. Faça uma massagem ocular ou aplique uma compressa quente.

Massageie os olhos com uma compressa quente. Isto irá promover o relaxamento e terá um efeito calmante, porque o calor promove relaxamento e melhora a circulação sanguínea.

  • Embeba uma toalha em água fria e uma em água morna. Alterne-as a cada minuto, por 5 a 10 minutos.
  • Massagear as pálpebras também pode ser útil.
     


Step 5

5. Reabilite a visão brincando com um balão.

Em dupla com mais alguém, joguem um balão um para outro várias vezes, trabalhando o lado afetado do corpo. Este exercício facilita a reciclagem do cérebro, sincronizando o movimento com a visão. Também pode ajudar a estimular o movimento de corpo e do olho do lado afetado a fim de sanar os problemas visuais.
 


Step 6

6. Tente realizar exercícios de computador.

Um tipo especial de exercício visual informatizado pode ser utilizado por vítimas de acidente vascular cerebral para ajudar a recuperar a visão. O paciente é instruído a olhar para um quadrado preto na tela do computador diariamente. Durante intervalos específicos, um aglomerado de 100 pequenos pontos brilhará no lado da tela correspondente ao olho afetado. Estes exercícios treinam o cérebro a fim de ajudar o paciente de AVC a enxergar melhor novamente.

  • O procedimento pode durar de 15 a 30 minutos por dia ao longo de vários meses.
     


Step 7

7. Tente o exercício de referência.

O exercício de referência é usado para verificar o escopo do dano causado por um acidente vascular cerebral ao foco visual do paciente. Executar o exercício permitirá ao médico determinar com mais precisão a extensão necessária da terapia.

  • O procedimento começa pedindo-se ao paciente para fechar os olhos.
  • Ele é instruído a olhar na direção do lado do corpo afetado pelo acidente vascular cerebral.
  • Quando o paciente estiver com os olhos apontados na direção correta, peça-lhe para abri-los.
  • O especialista então irá determinar o quão perto o olhar do paciente está da direção correta.
  • A informação recolhida é usada para desenvolver um exercício de terapia visual mais preciso para o paciente que sofreu um acidente vascular cerebral.

 

Método 2: Terapias e intervenção médica para melhorar a visão
 


Step 8

1. Confira a terapia da visão compensatória.

Ela centra-se em estimular a área do cérebro envolvida na visão. Inclui treinamento prismático e sistemas de percepção do campo visual. O movimento de imagens de fora do campo de visão para dentro deste ajuda a adaptar o campo visual e a área associada do cérebro, melhorando a visão.
 


Step 9

2. Tente a terapia visual restaurativa.

Seu objetivo é estimular várias conexões neurais envolvidas na visão, dentro do cérebro. Isso inclui muitos componentes específicos para cada tipo de deficiência visual que ocorre após um acidente vascular cerebral. Centra-se particularmente no ponto do olho que tem a maior quantidade de conexões neuronais.

  • Esta terapia tem o mais alto nível do potencial de recuperação.
     


Step 10

3. Experimente a terapia prismática.

Ela é usada para corrigir diferentes tipos de problemas visuais. O tipo de prisma e seu posicionamento podem variar, dependendo dos sinais e sintomas apresentados pelo paciente. Por exemplo:

  • No caso de visão dupla, o prisma é colocado em uma lente de vidro para realinhar o posicionamento anormal do olhar.
  • Em caso de negligência visual, um indivíduo com negligência visual no lado esquerdo do seu campo visual usaria um prisma que poderia espelhar os itens do lado esquerdo ao lado direito do seu campo visual.
     


Step 11

4. Invista em itens que possam ajudar com sua baixa visão.

Eles são divididos em três categorias, incluindo itens óticos (ampliadores de mão, lupas, telescópios), itens não óticos (impressões alargadas, lâmpadas de alta intensidade, objetos de alto contraste, leitores de microfichas) e itens eletrônicos (circuito fechado de TV, projetores opacos, projeção de slides). Todas essas coisas podem ajudar muito a sua visão.

  • Outras opções consistem em auxílio tátil, auditivo, escrito e falado, além da estimulação direta do córtex visual.
     


Step 12

5. Considere uma cirurgia do músculo ocular.

A cirurgia geralmente não é uma opção para resolver os problemas visuais relacionados ao um AVC, uma vez que a causa não é um trauma físico no olho. No entanto, em alguns casos, a cirurgia pode ser recomendada para corrigir a visão dupla. A cirurgia do músculo ocular é geralmente útil para os casos de visão dupla causados pelo estreitamento dos olhos.

  • O procedimento pode ajudar no reposicionamento dos olhos.
  • A decisão de se submeter à cirurgia deve ser feita com uma extensa avaliação dos benefícios e os possíveis riscos.

 

Método 3: Fazendo mudanças ambientais para compensar
 


Step 13

1. Altere o revestimento do piso.

Alterar o revestimento do piso pode ajudar quem sofreu um acidente vascular cerebral. O uso de materiais diferentes para distinguir diferentes áreas da casa altera o som produzido pelos passos e anuncia a chegada de outra pessoa.

  • Além disso, a mudança no som pode ajudar o paciente a identificar em qual cômodo está.
     


Step 14

2. Torne a escada mais acessível.

Alterações no design da escada podem permitir que o paciente se locomova por ela com mais facilidade. Recursos visuais que ajudam a diferenciar os degraus são importantes para permitir que o paciente caminhe com segurança.

  • A visibilidade das escadas pode ser reforçada pela alternância de degraus pretos e brancos.
  • Assistência adicional pode ser dada com a instalação de corrimãos.
     


Step 15

3. Garanta a segurança dos móveis.

Coloque os móveis em lugares discretos, tais como juntos às paredes. Isso permitirá que o paciente evite os móveis sem ter que memorizar padrões complexos de decoração.

  • As quinas dos móveis devem ser arredondadas em vez de pontiagudas.
  • Mantenha as bengalas junto às paredes para orientação.
  • A mobília do quarto deve ser colorida para atrair a atenção.
     


Step 16

4. Instale unidades de detecção a laser.

Hoje em dia, você pode instalar unidades de detecção a laser que se conectam a dispositivos de sinalização auditiva e tátil. Estes dispositivos servem para alertar o paciente sobre os riscos e obstáculos. Três feixes de laser saem do identificador do dispositivo, em três direções diferentes: para cima, para baixo e paralelo à superfície, respectivamente.

  • O dispositivo vibra no seu dedo indicador para lhe dar uma ideia sobre os diferentes obstáculos em seu caminho.

 

Fontes e Citações

 

fonte do texto original: http://www.wikihow.com/Rehab-Vision-Post-Stroke | http://pt.wikihow.com/Reabilitar-a-Vis%C3%A3o-Ap%C3%B3s-um-Derrame



Δ

[14.Ago.2017]
publicado por MJA