Ξ  

 

 Sobre a Deficiência Visual

Mãe, Pai! Ajudem-me!

Lucimar Amaral Ezequiel
 

 

  1. Preciso de mais ajuda que as outras crianças. Preciso que me ensinem as coisas, que as outras crianças simplesmente imitam, olhando para os pais. Preciso que me ensinem a utilizar as mãos, a audição, as sensações de gosto e olfacto. Por favor, conversem comigo, pois preciso saber que vocês estam ao meu lado.
     
  2. Avisem-me antes de me tocar ou fazer algo inesperado, pois eu não vejo as vossas mãos estendendo-se na minha direcção.
     
  3. Sejam sempre honestos comigo. Eu devo confiar naqueles que me ajudam. Necessito ouvir o vosso riso, quando vocês brincam comigo, pois eu não vejo o movimento dos vossos lábios.
     
  4. Expliquem-me o que está para acontecer. Nem sempre posso ver onde vocês estão.
     
  5. Expliquem-me o que significam os barulhos assustadores e segurem-me a mão para que eu ganhe confiança.
     
  6. Contem-me o que estão a fazer e o que está a acontecer em volta. Rádio é bom, mas conversar convosco é melhor.
     
  7. Só posso conhecer as pessoas estando junto com elas, ouvindo-as e "ajudando-as".
     
  8. Dêem-me brinquedos, feitos de madeira, lã e metal, não só de plástico. Amarrem-nos junto à cama para que eu não os perca. Prefiro brincar com brinquedos sólidos que posso mastigar, mas não muito pequenos, pois eu posso engoli-los.
     
  9. Digam-me como isso se chama; o que é molhado; o que é macio; o que emite sons agradáveis etc...
     
  10. Preciso de brincar não só com brinquedos, mas também com os objectos verdadeiros, pois preciso de saber como eles são. É possível que eu goste deles mais do que de outros brinquedos.
     
  11. Deixem-me "ajudar" na cozinha. Aprenderei muito usando os dedos e o olfacto. Não se esqueçam de virar as pegas das panelas e frigideiras para o lado e tomar outras precauções (fogão, por exemplo) pois eu não vejo o perigo.
     
  12. À medida que eu cresço, tenho de conhecer o mundo grande. Deixem-me apalpar o maior número possível de objectos do mundo exterior (legumes, frutas, folhas etc...).
     
  13. Quando vocês brincam comigo, chamem-me até que eu vos encontre.
     
  14. Façam as coisas segurando-me na mão, pois eu não posso aprender a fazê-las olhando para vocês.
     
  15. Ensinem-me despir-me e a vestir-me sozinho.
     
  16. Ajudem-me a aprender a lavar os dentes, a lavar-me e a enxugar-me.
     
  17. "Mostrem-me" o que há à minha volta: as mesas, as estantes, o tecto, a porta, os móveis. Se mudarem a localização dos móveis, avisem-me antes.
     
  18. Treinem-me a andar pela escada, mas fiquem atentos para que ela tenha corrimão.
     
  19. Levem-me para brincar na rua, esteja o tempo que estiver. Por favor, não me tapem os ouvidos com gorros, pois eles são indispensáveis para me orientar.
     
  20. Sou igual às outras crianças e gosto de brincar com os outros. Não se preocupem se eu arranjar alguns galos.
     
  21. Deixem-me ajudar a trocar as fraldas do bebé. É menino ou menina? E eu, sou menino ou menina? É importante que eu saiba a diferença.
     
  22. Se eu tenho de usar óculos, cuidem para que eu os use conforme a prescrição do médico.
     
  23. Se além de mim, na família, há outros que usam óculos, cuidem para que eu use os meus próprios e os reconheça sempre .
     
  24. Se os óculos me são indispensáveis, cuidem para que haja sempre um par de reserva.
     
  25. Se as lentes dos meus óculos são redondas, cuidem para que elas não girem.
     
  26. Verifiquem se eles são confortáveis, talvez sejam pequenos. Cuidem para que as hastes se encaixem bem nas orelhas e que os óculos não deslizem.
     
  27. Quando os óculos são tirados, verifiquem se eles estão colocados com as lentes para cima, senão podem riscar-se ou quebrar-se.
     
  28. As lentes sujas provocam tensão na visão; mantenham-nas limpas. Na limpeza, usem um material que evite que elas se risquem (as lentes de plástico são mais seguras, mas riscam-se mais facilmente)

FIM


 


ϟ

Excerto adaptado de "Formas de trabalho do tiflopedagogo com pais e familiares de pré-escolares com Deficiência Visual
anexo A: Conselhos que uma criança deficiente visual daria aos pais, se perguntada"
autora: Lucimar Amaral Ezequiel
in "Do Sentido... Pelos sentidos... Para os sentidos"
Org. Elcie Mazini - pp 96 e 97
 

 

Δ

5.Nov.2007
publicado por MJA